Pernambuco já atua no atendimento dos Grupos Reflexivos para homens autores de violência doméstica