Procon-PE orienta consumidores a abrir reclamações por telefone ou internet